Dicas para melhorar a UX do seu e-commerce

UX é uma estratégia muito importante para os sites das marcas, pois visa garantir a melhor experiência para os usuários.

Isso envolve, além do conteúdo, garantir que ele seja consumido de maneira mais agradável. Então, o site passa a ser responsivo, organizado e intuitivo.

Os profissionais de marketing entendem a relevância dessa estratégia, pois não basta ter um site para vender seu produto ou serviço, é necessário que ele garanta que o visitante da página tenha a melhor experiência.

O UX envolve um conhecimento aprofundado de design responsivo. Tudo para facilitar a vida de quem acessa o site, e também durante a interação com um produto.

A falta de obstáculos no relacionamento entre consumidor e marca faz com que ele se torne um cliente fiel e volte a fazer negócio.

Toda empresa possui presença on-line, afinal, isso é praticamente obrigatório, uma vez que as pessoas usam a internet para tudo. Mas essa presença precisa ser bem construída e ir além das expectativas do usuário.

Pensando nisso, neste artigo, trouxemos um compilado de informações e dicas para que as empresas possam colocar em prática. 

Dessa forma, fica mais fácil garantir a satisfação dos usuários e convertê-los de maneira simples e ágil.

O que é UX?

UX é uma sigla para User Experience ou, em português, experiência do usuário. É um conjunto de estratégias que tem como missão entregar aos visitantes a melhor experiência, por meio de um site responsivo, agradável, intuitivo e organizado.

Plataformas e redes sociais famosas entre os internautas fazem uso dessas táticas, como o Facebook, por exemplo.

São sites tão bem estruturados, que dão a impressão de que eles sabem o que queremos e o que estamos pensando. Para isso, passam longe de interfaces que travam e tiram o usuário “do sério”.

Além dos ambientes virtuais, o UX também se faz presente em pontos físicos, podendo ser aplicado numa empresa de calibração de valvulas de segurança, bem como nos produtos.

Por exemplo, as maiores fabricantes de celulares do mundo usam essa estratégia para que seus aparelhos ofereçam a melhor experiência para quem os compra.

Eles são fabricados para não travarem, serem intuitivos e despertarem as melhores emoções.

Importância do UX

Em vista da função dessa estratégia, não é difícil entender por que ela é tão importante para marcas e consumidores, especificamente para os e-commerces.

Podemos até citar como exemplo um consumidor que ficou sabendo de uma promoção que lhe despertou interesse. Essa pessoa já conhece a marca e já comprou com ela, mas a promoção é válida apenas para compras on-line

Ao entrar no site, este começa a travar e o cliente tem dificuldade em encontrar o produto em promoção. Isso porque ele não está estampado na página principal e o botão de busca está com problemas.

Com certeza, essa pessoa vai se sentir perdida e acabar desistindo. Mais ainda, ela pode tomar a decisão de não comprar mais nada com aquela loja. Essa situação define bem a importância do UX.

Portanto, ele reúne características que fazem toda a diferença para um negócio, tais como:

  • Velocidade do carregamento;
  • Navegabilidade;
  • Visualização em vários tipos de dispositivos;
  • Facilidade para encontrar o que precisa.

Pensando por esse lado, uma empresa de decoração de stands para feiras que se preocupa com a experiência do usuário, terá retornos positivos no que diz respeito às vendas e conversões.

Isso porque, quando o consumidor se sente bem durante a navegação, ele compra e ainda explora outras opções nas páginas. 

A organização e a eficiência são determinantes para a decisão dele, por isso, devem ser prioridades.

Podemos até mesmo pensar nas lojas físicas como exemplo. Muitas pessoas preferem pagar mais caro por conta do conforto, ar-condicionado e atendimento de qualidade.

Vantagens do UX

Quando uma empresa de betoneira aluguel ou qualquer outra aplica as estratégias do UX, tem acesso a muitas vantagens. Algumas são:

Mais tráfego

Um site bonito, fácil de carregar e rápido atrai um bom número de visitantes. Além disso, a taxa de rejeição é bem baixa, pois sites responsivo agrada logo no primeiro acesso.

Mais conversões

Quando o usuário não encontra obstáculos para sua navegação, tem mais chances de concluir uma ação. Esta pode ser uma compra ou preenchimento de formulário.

Menos gastos

Sites funcionais não precisam de melhorias constantes. Além disso, ele vai entregar tudo o que o usuário precisa, o que dispensa a contratação de funcionários para outros trabalhos.

Elementos básicos do UX

Para realizar um bom trabalho com essa estratégia, existem algumas características que o site de uma empresa de aluguel de impressoras precisa ter, tais como:

Carregamento rápido

Mais da metade dos usuários que acessam a internet pelo celular abandonam a página se ela demora para carregar. Por isso, carregar rapidamente é muito importante.

SEO

O UX também envolve as estratégias de SEO, para que o site seja facilmente encontrado. Portanto, ele precisa ser bem organizado e ter uma boa navegabilidade.

Adaptação

Uma boa experiência para o usuário também está relacionada à facilidade de acessar as páginas de qualquer tipo de dispositivo. Isso porque o celular é o principal meio de acesso à internet hoje em dia.

Então, o site das empresas precisam ser mobile friendly para que tenham mais chances de competir com outros e sair na frente.

Produção de conteúdo

Um bom projeto de UX deve estar alinhado com a produção de conteúdo. Isso porque uma estrutura incrível não funciona com conteúdos mal elaborados.

Design

O visual da página também é uma estratégia importante para qualquer empresa, desde fabricantes de etiquetas para código de barras até lojas infantis, para atrair o usuário.

Por isso existe todo um estudo sobre harmonização, tamanhos dos textos, imagens, psicologia das cores e outros elementos. Tudo isso colabora para boas emoções do usuário.

6 dicas para usar UX do jeito certo

Para fazer UX do jeito certo, primeiramente devemos pensar em interdisciplinaridade. Trata-se de um processo complexo que envolve em sua composição um pouco de biblioteconomia, psicologia, design, jornalismo, ergonomia e outras áreas.

Inclusive, é exatamente por isso que, se uma fabricante de uniforme social masculino quiser contratar um desses profissionais para cuidar das estratégias em UX, eles se darão muito bem.

No entanto, existem algumas aplicações que são indispensáveis para que de fato o UX aconteça dentro do site. E algumas das dicas são:

1 – Arquitetura da informação

Aqui será determinada a estrutura e a forma como as informações serão distribuídas no sistema. Não apenas a equipe de marketing, mas também a equipe comercial pode ajudar a organizar essas informações.

Dessa forma, o usuário poderá encontrar facilmente tudo aquilo que precisar, de maneira rápida e sem frustrações.

2 – Interação

O site precisa interagir com outras plataformas da empresa. Por exemplo, uma fabricante de estrutura para jardim vertical precisa fazer com que seu site interaja com seus perfis nas redes sociais, blogs etc.

Isso aumenta a interação e o engajamento com o público. Esses dois fatores são extremamente importantes para aumentar o reconhecimento da marca em seu mercado de atuação.

3 – Fluxo de tarefas

Aqui é tratado o passo a passo de todas as tarefas que precisam ser realizadas. Isso colabora para que as ações dos usuários sejam mais fluidas e evita que ele se perca no meio do caminho.

4 – Wireframes

O conceito de wireframes diz respeito à maneira que o site será feito, ou seja, como é a composição do site.

No site de uma revenda de gerador de gás, por exemplo, é isso que define como é a distribuição de botões, ícones e outros conteúdos.

5 – Wireflows

Trata-se do fluxo que define todo o caminho que o visitante pode percorrer enquanto estiver acessando o site ou aplicativo. 

Ou seja, ele mostra quais são as opções que o usuário tem quando clica em um ícone.

6 – Sitemaps

Aqui estamos falando sobre o mapa do site. Este fluxograma traz detalhes e as principais informações da página, bem como quais são as relações entre elas.

Para o Google, a presença de mapa nos sites é muito importante, e isso é levado em conta na hora de fazer a indexação das páginas.

Portanto, quem deseja ocupar as primeiras posições nos resultados de busca, não pode ignorar este fator.

Conclusão

Seja uma loja física, uma plataforma e-commerce ou qualquer outra empresa, apenas ter um site não é o suficiente. Ele precisa ser bom, apresentar boa navegabilidade e possuir todas as características que garantam uma boa experiência ao usuário.

Somente por meio do UX é possível conquistar isso, e ele deve ser aplicado, independentemente do tamanho ou modelo do negócio. 

Se a intenção é fazê-lo crescer nos meios digitais, garantir um site ou aplicativo que funcione adequadamente é o melhor caminho.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *