Nova tendência: Lojas virtuais para moda masculina

Nova tendência: Lojas virtuais para moda masculina
5 (100%) 1 vote

As lojas virtuais, voltadas para moda masculina estão se tornando uma oportunidade de negócio real para empreendedores de vários segmentos.

Em geral, o varejo de moda é uma categoria bastante expressiva no consumo das pessoas. De acordo com o E-Bit, no ano de 2015 foram R$ 150 bilhões de reais arrecadados, sendo R$ 15 bilhões referente ao e-commerce. É curioso que as mulheres consumam mais que os homens. Porém, são eles que mais despendem dinheiro em suas compras. Nas lojas virtuais, os homens têm um tíquete médio maior em vários segmentos, como vestuário, calçados e acessórios.

Diante disso, um mercado que tem tido bastante destaque é o de moda masculina, que está ganhando força nos últimos cinco anos. Isso tem ocorrido devido à mudança de comportamento dos homens em geral, que estão mais vaidosos e têm se preocupado com a aparência e o estilo de se vestir. As pesquisam indicam que os homens gastam cada vez mais com moda.  

E eles não estão mais preocupados com preço, e sim com qualidade.

De acordo com O IEMI – Inteligência de Mercado, parceiro da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), o crescimento no varejo da moda masculina em lojas virtuais cresceu 44,4% entre 2007 e 2012, chegando em 2012 a 47 bilhões.

Esses dados vêm se refletindo também no comércio eletrônico, no qual o crescimento anual de vendas geral é de 17,4%, e a moda masculina é a categoria que mais cresce dentre as compras onlines, colocando os setores como calçados, eletrônicos e cosméticos em segundo plano.  

Sendo esse segmento uma aposta para o mercado virtual, é interessante entender um pouco sobre o público antes de abrir um e-commerce de roupa masculina. Para identificar quem será o foco da sua marca é necessário realizar pesquisas e estudos.

Vale ressaltar que não é bom fazer generalizações e deve-se fugir dos clichês. É preciso compreender o universo masculino para oferecer um produto que se adeque às necessidades deles. Diante as pesquisas, os produtos mais comprados pelos homens são: camisa polo, terno, roupa íntima, camisa.  

O Google traçou o perfil dos consumidores de moda e identificou que 54% dos entrevistados realizam pesquisas na web antes de efetuar uma compra. Sendo que 56% ainda fazem suas pesquisas no desktop contra 44% que buscam informações sobre os produtos em dispositivos móveis. Em relação ao valor dos produtos 90% pesquisam por preços no desktop e 10% pesquisam no mobile.

As pesquisas apontam que as mulheres também fazem parte do público de lojas de moda masculina, elas representam cerca de 25% dos visitantes. Isso pode ser explicado pelo fato do público feminino estar bastante envolvido com a compra de roupa de seus cônjuges e filhos. Além da compra de vestimentas para presentear os mais próximos. Sendo assim, vê-se a importância de se relacionar com esse público na hora de vender nas lojas virtuais.

Ficou com alguma dúvida sobre nosso artigo? Deixe um comentário que te ajudamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *