SEO para e-commerce: como investir e captar mais e melhor

Seu e-commerce já possui uma estratégia de SEO? Ainda não? Existem algumas dúvidas sobre o tema? Vamos abordar neste post os principais aspectos e conceitos dos quais você precisa saber para implantar ou aprimorar uma boa estratégia de SEO para o seu e-commerce — e, claro, aumentar sua captação e suas vendas!

SEO é a sigla em inglês para o termo Search Engine Optimization, ou “otimização para ferramentas de busca”. Trata-se de um conjunto de técnicas, estratégias e boas práticas que visam a melhor colocação possível das páginas de seu site (no caso, os produtos do seu e-commerce) nos resultados de sites de busca, como o Google, por exemplo.

Quanto melhor for essa colocação, maiores são as chances de que seu cliente encontre os produtos de seu e-commerce nas buscas que ele faz. Além disso, um cliente que chega ao seu e-commerce por meio de uma busca das palavras certas tem muito mais chances de comprar.

Como funciona?

O Google lança na web pequenas aplicações chamadas “crawlers” ou “spiders”, que literalmente leem todas as páginas de todos os sites da internet, varrendo todo o seu conteúdo. Com essas informações em mãos e considerando uma série de fatores, a plataforma atribui a cada página uma nota, chamada PageRank.

Assim, quando um usuário faz uma busca no Google, ele pesquisa dentro de seus servidores quais páginas gravadas falam sobre o assunto procurado (por meio de palavras-chave e semântica) e dispõe os resultados em uma ordem que obedece o nível de PageRank das páginas. Alguém que faça uma busca pelo termo “carros usados são paulo”, por exemplo, verá nas primeiras posições as melhores páginas sobre o assunto.

Os fatores analisados pelo Google para compor o PageRank não são oficialmente conhecidos, mas analistas e especialistas no assunto já sabem que alguns dos mais importantes se referem à relevância do conteúdo das páginas para os usuários, facilidade na obtenção das informações e o reconhecimento/autoridade que a página tem sobre o assunto.

Quais são as principais técnicas de SEO?

Existem alguns aspectos dentro das técnicas de SEO para e-commerce que você aplica diretamente nas páginas da sua loja virtual — chamamos isso de técnicas “on-page”, e dentre elas podemos destacar o uso de palavras-chave relevantes, otimização de títulos de páginas e hierarquização de texto com o uso das tags de headlines (<h1> a <h6>).

Esse tipo de técnica pode (e deve) ser utilizada em aspectos-chave de seu e-commerce, como nas descrições dos produtos, que devem ter as palavras-chave no corpo do texto, títulos e subtítulos, se possível. Uma dica que ajuda muito é tentar posicionar nome e modelo do produto (quando se aplica) em locais de destaque (títulos e subtítulos sob a tag <h>).

Outro aspecto importante que faz parte das técnicas de SEO é a organização otimizada do site de e-commerce. Procure dispor produtos, seções e sub-seções de forma fácil e intuitiva para promover uma navegação sem contratempos por parte do usuário e futuro cliente.

Vale lembrar que posicionar sites nos primeiros resultados do Google não é fácil, pois depende de muitos fatores e, principalmente, de uma estratégia sólida de marketing digital e de conteúdo.

Como aplicar?

Com conhecimento e experiência é possível aplicar as técnicas de SEO para e-commerce e otimizar qualquer página da web sem a ajuda de nenhuma ferramenta — porém, todo o processo fica bastante facilitado quando usamos plataformas especializadas. Um exemplo é o Magento, que é um CMS (Content Management System) voltado para e-commerces com módulos detalhados e automatizados de aplicação de SEO.

Gostou do artigo? Compartilhe e comente! E para saber mais sobre o Magento, leia o artigo Magento: a melhor plataforma para a sua loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *