Você sabe o que é a metodologia Flywheel?

Você já ouviu falar na metodologia flywheel? Ela trata-se de uma nova abordagem para atrair clientes para uma empresa e, consequentemente, aumentar as vendas.

O foco do flywheel é a fidelização do cliente, mostrando a importância de trabalhar bem o relacionamento de uma marca com o seu público. 

Muitos especialistas dizem que o flywheel surge no marketing como um substituto do funil de vendas. Não à toa, a imagem que o representa é um círculo, fugindo do esquema afunilado. 

Como é sabido, a experiência que o usuário de uma empresa de injeção plástica vai ter com o atendimento e com o produto vem sendo cada vez mais o foco do negócio. 

Afinal, são esses elementos que vão garantir o retorno do cliente, por isso, é essencial investir em como deixar todo esse relacionamento muito mais satisfatório para ele. 

O marketing flywheel realça justamente isso: entender o comportamento do comprador, para conquistar mais vendas, porém priorizando a qualidade no atendimento e a qualidade dos produtos. Ou seja, a ênfase é em como tornar fiel o consumidor de uma empresa. 

A área de marketing de uma empresa deve estar sempre atenta ao mercado, de maneira a utilizar os elementos que podem trazer mais vantagens para um negócio sempre em favor do estabelecimento.

Por isso, é indispensável conhecer as metodologias atuais, sabendo qual delas faz sentido para o seu negócio e aplicá-las para colher resultados. 

Sendo assim, é indispensável saber o que é o flywheel e como ele pode ser utilizado na sua empresa. Siga na leitura deste artigo para ampliar o seu conhecimento sobre o assunto.

O que é a metodologia flywheel?

No Inbound Marketing, os profissionais da área explicam o caminho percorrido pelo consumidor seguindo o funil de vendas. 

Isso quer dizer que primeiro o comprador é um visitante, depois se torna um lead, que será nutrido com informações de qualidade, para que uma necessidade seja encontrada e, assim, surja uma oportunidade. 

Com isso, ocorre o contato da equipe de vendas, que terá subsídios para trabalhar adequadamente com o cliente. 

A partir disso, a empresa especializada em compressor de ar pequeno, conquista um novo pedido, fechando o funil de vendas com sucesso.

A metodologia flywheel utiliza outra abordagem dentro do Inbound Marketing, focando essencialmente na experiência do cliente. 

O termo flywheel significa “volante de rotação”. Aplicado ao marketing, ele quer dizer que toda empresa deve fazer um esforço inicial para possibilitar o seu giro. Depois disso, todo o processo para manter o negócio ativo e ganhando força é muito mais fácil.

Na prática, é só pensar em como o início de um projeto de marketing costuma ser mais trabalhoso. Ganhar relevância, posicionar a página nos buscadores, criar um relacionamento com o público e conquistar os primeiros leads exige dedicação.

O círculo do flywheel é composto de:

  • Atração (Marketing);
  • Engajamento (Vendas);
  • Serviço (Atendimento);
  • Cliente (Fidelização).

A ênfase da metodologia flywheel está justamente na experiência do cliente, de modo que uma empresa de aluguel de barracão deve se preocupar em oferecer o melhor atendimento.

Afinal, interagir com o consumidor e garantir que ele tenha um contato memorável com a sua marca, pode ser indispensável para atrair novos clientes, virando um o ciclo que se repete.

Isso porque quem oferece uma boa experiência ao comprador é capaz de atrair mais pessoas e reter clientes.

A importância do flywheel

O flywheel surgiu com a ideia de ser uma metodologia mais completa do que funil de vendas, priorizando o atendimento ao público para aumentar os resultados de uma empresa. 

A fidelização do cliente é uma estratégia de atuação que vem ganhando cada vez mais destaque no mundo corporativo, justamente porque ela se torna um meio mais econômico de trabalho, já que demanda menores investimentos com campanhas publicitárias. 

Isso ocorre porque desenvolver o relacionamento com os consumidores de uma marca vem se tornando o foco dos estabelecimentos. 

Dessa forma, não apenas o comprador volta a fazer pedidos, como também indica uma empresa para seus amigos e familiares. 

Levando em consideração que os feedbacks são cada vez mais importantes na escolha de compra de uma pessoa, a metodologia flywheel reforça essa ideia e faz com que a empresa trabalhe melhor em cima da experiência do usuário.

Se uma loja especializada em produtos como carrinho auxiliar manicure possui um portfólio completo para essas profissionais, a relação estabelecida com uma compradora certamente vai fazer com que ela queira conhecer e adquirir outros itens do catálogo. 

Por isso, muitas empresas estão adotando a metodologia flywheel para as suas ações de marketing, tornando o processo de vendas e de fidelização muito mais assertivo e concentrado. 

Os benefícios da metodologia flywheel

O flywheel pode ser bastante interessante para diversas empresas, já que as suas características ajudam na percepção do que o cliente busca e em como oferecer todo o suporte para ele, estimulando novas compras.

1 – O flywheel é contínuo

O funil de vendas é conhecido por ser um ciclo de compras com começo, meio e fim. Ou seja, se o cliente visita um site buscando por uma paleteira, ele será alimentado com informações, até que esteja pronto para o momento da compra. 

Depois da venda efetuada, o funil de vendas chega no seu final. Com o flywheel, esse ciclo é contínuo, e por isso ele é representado por um círculo. 

Assim, a empresa que oferece uma bom atendimento para o seu público e garante a experiência adequada em relação ao seu produto conquista a confiança e permanece sempre à disposição do cliente, em um relacionamento duradouro.

2 – O flywheel é proativo

Justamente porque ele busca um contato com os consumidores de modo contínuo, o flywheel investe principalmente na etapa de fidelização do cliente. 

Assim, é possível dizer que essa metodologia aposta principalmente no pós-venda, priorizando o encantamento do cliente com a qualidade de um puxador de gaveta, e com o atendimento oferecido, como um modo ativo de reter esses compradores. 

3 – O flywheel é engajado

O foco principal do funil de vendas estava relacionado à obtenção do leads, enquanto o flywheel reforça o vínculo entre a marca e os seus consumidores.

Nesse sentido, a sua estruturação foi desenvolvida para que uma etapa dê suporte a outra, atraindo os leads, potencializando a interação e reforçando a experiência do cliente. 

Esse ciclo é um ótimo atrativo para os clientes, sejam eles novos ou fidelizados, estimulando o aumento das suas vendas.

A metodologia flywheel na prática

Depois de entender mais sobre o que é o flywheel, a sua importância e os benefícios, é preciso conhecer as maneiras de praticá-lo em um negócio, seja ele especializado em instalações elétricas industriais, ou em venda de artigos de beleza. 

1 – Diminuir o nível de insatisfação dos clientes

O flywheel tem como um dos seus principais objetivos diminuir o nível de insatisfação dos clientes, que é identificado como atrito. 

Isso porque para que uma marca se consolide no mercado, ela precisa ser reconhecida pelo seu engajamento com a satisfação do cliente.

Uma das formas de se fazer isso é utilizando pesquisas de satisfação, onde formulários ou mesmo um contato telefônico é capaz de demonstrar a importância da empresa com os seus compradores, oferecendo soluções para amenizar o desconforto. 

2 – Automatizar os processos de atendimento

A automação é um recurso explorado por cada vez mais empresas, permitindo maior agilidade nos seus processos e maior eficiência no seu funcionamento. 

Sendo assim, o empenho no atendimento ao público é sempre de qualidade, pois oferece um suporte grande em todas as etapas de compra.

A automatização pode ser feita com o uso de chatbots, e-mail, e realização de pesquisas, tanto por sms quanto por gravações telefônicas ou até mesmo WhatsApp. 

É indispensável criar um processo completo, onde além de oferecer vários canais para que o comprador tire suas dúvidas, ele também possa acompanhar as etapas da sua compra, desde a confirmação do pagamento até a chegada do item em casa.

3 – Coletar métricas e aprimorar o funcionamento da empresa

Posteriormente, o pós-venda entra em ação para que o contato com o cliente traga dados sobre o nível de satisfação dele.

Essa pesquisa é essencial para aprimorar os processos de venda e garantir um atendimento cada vez melhor e mais eficiente. 

Ou seja, depois de vender um adesivo jateado para vidro, a empresa pode utilizar as métricas coletadas sobre a qualidade do item, da facilidade do despacho, das condições de recebimento do produto, etc, para aperfeiçoar as suas etapas. 

Dessa forma, é possível garantir que a experiência do cliente ao receber o que foi comprado seja cada vez melhor, para que ele se fidelize e tenha a empresa como preferência para suas compras. 

O flywheel tornou-se uma possibilidade bastante importante para várias empresas que apostam no marketing para promover os seus produtos ou serviços, e garantir que os resultados sejam sempre melhores. 

Não à toa, o método foi pensado e desenvolvido justamente para valorizar o que há de mais importante para uma empresa: os seus clientes e, por consequência, o quanto eles aprovam o que foi adquirido.

Sendo assim, se você deseja focar na experiência do seu consumidor o máximo possível e proporcionar um atendimento cada vez mais qualificado para o seu público, a metodologia flywheel é o melhor caminho.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *