Plataforma de E-commerce

5 (100%) 2 votes

Você pode vender na internet sem necessariamente ter uma plataforma de e-commerce própria, por exemplo vendendo via Whatsapp, Instagram, Facebook, tendo um site institucional, por email, etc…. Mas para ter uma plataforma de e-commerce estruturada abre possibilidades fantásticas!

Há inúmeros plataformas no mercado, eis alguns tipos:

  • Plataforma de e-commerce proprietária: são aquelas plataformas de e-commerce feitas pela própria empresa dona da loja virtual ou por uma fábrica de software que desenvolve a plataforma de e-commerce e entrega para o dono da loja virtual. Nesse tipo de plataforma de e-commerce, quem deve cuidar para evoluir, corrigir erros, dar suporte tecnológico ao código é o dono da loja virtual.
  • Plataforma de e-commerce alugada: são aquelas plataformas feitas por uma empresa de tecnologia, que cedem o software e cobram mensalidade dos donos de lojas virtuais. Quem fica responsável pelo código, evolução da plataforma, correção de erros é a empresa que fez a plataforma de e-commerce. O dono da loja virtual não precisa entender de tecnologia.
  • Plataforma de e-commerce Open Source: as plataformas de e-commerce open source são códigos abertos para que o dono da loja virtual faça o download e ele mesmo instale tais plataformas em seus servidores. A melhor que existe é a Magento.

 

Bruno Camargos é especialista em Usabilidade e Design Centrando no Usuário. Dedica-se a aumentar as taxas de conversão dos clientes da Multiweb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *