(31) 2551-5183
Ecommerce

Se você tem uma loja digital, provavelmente já considerou vender Gift Cards da sua loja ou de outras. No entanto, talvez ainda não tenha se decidido por esse recurso. Por isso, montamos esse artigo para explicar como usar vale-presente no seu ecommerce da maneira certa e como esse tipo de produto pode aumentar as suas vendas e até mesmo a sua lucratividade.

Hoje em dia, o e-commerce brasileiro vive um momento muito interessante. O setor segue em amplo crescimento (o faturamento foi de R$100 bilhões em 2020), muito motivado pela pandemia do novo coronavírus. No entanto, ele deve seguir crescendo e se mantendo com destaque no Brasil, especialmente por causa de técnicas como o dropshipping e muitas outras. Os cartões-presente ou vale-presente são, nesse contexto, uma possibilidade de ampliar esse faturamento.

Quer saber como usar vale-presente no seu ecommerce? Então siga a leitura do artigo abaixo!

O que configura como um vale-presente?

Em primeiro lugar, precisamos entender e conceitualizar o que significa um vale-presente. Basicamente, existem duas formas de trabalhar com isso: um da sua loja e um de outra loja.

Os vales de outras lojas são, na maior parte das vezes, destinados a produtos digitais. Por exemplo, cartões da Netflix, cartões da Steam (uma loja de video-games), cartão da PSN ou da Xbox Live (também de video-games). Esses cartões são comprados em valores de R$100,00, R$200,00 e, depois, são usados para comprar games ou produtos nessas lojas.

Já os vales da sua própria loja são criados para gerar crédito interno na sua loja. Eles podem ser usados para abater compras ou até mesmo adiantar parcelas de um potencial crediário, por exemplo.

A grande diferença entre esses dois produtos é que eles têm função diferente. No caso do Gift Card de uma outra loja, o objetivo é aumentar o faturamento. Isso porque você não venderá um cartão de R$100,00 por R$100,00, mas sim algo como R$110,00, mais ou menos. Ficará com R$10,00 e repassará R$100,00 para a loja em questão. Na prática, aumenta um pouquinho o lucro, mas o mais importante é que cresce o faturamento.

Já no caso de um vale-presente da sua loja, o objetivo é aumentar o lucro. É garantir uma compra que outrora não aconteceria, fazer upsell e cross-sell em alguns produtos e, em alguns casos, simplesmente ganhar o dinheiro total do cartão porque as pessoas deixam que a validade do gift card passe sem usá-lo.

Como usar vale-presente no seu ecommerce?

Agora que já entendemos as duas formas básicas dos vale-presentes em uma loja digital, é hora de entender como utilizá-los da maneira certa. Confira a seguir!

Use o Gift Card como estratégia de fidelização

A primeira estratégia de uso do Gift Card é para obter maior fidelização de clientes no seu negócio. Por exemplo, suponha que você comprou pela primeira vez em uma loja e, ao receber o produto, acaba ganhando um brinde de R$20,00 na próxima compra. A tendência é de voltar e comprar novamente para usar esse dinheiro, especialmente se a loja vender produtos que precisam ser comprados com regularidade (como shampoo, por exemplo).

Assim, o Gift Card é um elemento poderoso para aproveitar aquele cliente que já confiou uma vez em voltar a confiar. De certa forma, é um investimento para um crescimento de receita exponencial.

Invista no Gift Card como propagação da loja

Outra estratégia é usar os vale-presentes como meio de propagação da loja. Ou seja: torná-la mais conhecida. Isso pode ser feito de duas formas: a primeira é investir para que a loja seja sempre indicada para familiares, amigos ou pessoas com pouca familiaridade. Afinal, na dúvida entre o que comprar para um aniversário, o vale-presente é uma ótima opção.

A segunda forma é ter Gift Card de lojas famosas e tentar ganhar visitas que buscam esses cartões no Google. Aos poucos, esse público pode acabar se interessando em outras compras também.

Use os vales para aumentar o valor das ofertas

Nos EUA, é muito comum usar os Gift Cards como uma maneira de aumentar o valor de uma proposta. Por exemplo, em vez de oferecer R$100,00 de desconto em uma TV, a loja oferece R$100,00 em crédito para o cliente. Essa estratégia parece igualmente válida para o cliente, já que em ambas ele “ganhou” R$100,00.

O detalhe é que, para usar esses R$100,00, ele terá que gastar mais um pouco. Além disso, há o risco de deixar o prazo passar e os R$100,00 nunca serem cobrados.

Agora que você já viu como usar vale-presente no seu ecommerce, é hora de colocar a estratégia para uso em campo. Lembre-se de que os gift cards podem ser da sua loja (o que pode ser usado para garantir lucratividade) ou de outras lojas, para atrair usuários e melhorar o seu faturamento. Nesse sentido, monte duas estratégias completas e comece a aplicá-las no seu negócio.

Gostou das nossas dicas? Então comente abaixo com a sua opinião!

 

Deixe uma resposta